Arquivos

Categorias
Todas as mensagens
 Sacanagem
 Besteirol
 Manual
 OLD Porém GOLD
 Printadas

Votação
 Dê uma nota para meu blog

Outros links
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis
 Curtiu? Deixa um Scrap no Meu Orkut
 Blog do Julinho Mesquita
 o Fantástico Mundo do Tulin
 iSatélite



LINK-ME






Us bagui 100 Futuro
 


O Abençoado Chefe

 

Saudações Protozoárias que lêem meu blog, depois de um tempo vivendo igual um Urso (hibernando: engordando e dormindo) aqui estou eu, mais uma vez, para uma das minhas narrativas absurdas sobre meu cotidiano mais absurdo ainda. Uma pessoa que cito o nome nesse blog muitas vezes, fez algo que interferiu na minha vida de forma brusca, felizmente pra uns, infelizmente para mim, me tirou da fila do desemprego, e lá estou eu, nos meus momentos Diários de Purgatório de Segunda á Sexta, e isso me rendeu um post, falar do Demônio chamado chefe. De acordo com meu amigo Moska seu chefe parece Deus: Ele é alguém importante, interfere na sua vida, ele tem plena convicção de que ele existe, porém nunca o viu. Pra mim ele se parece mais o capeta que assola meus dias. Enfim, sem choramingos... Vou começar a falar desse cidadão e o que ele faz.

 

As ordens – O Chefe costuma olhar pra você com aquele rostinho angelical, se fazendo de bonzinho e de que é seu amigo e fala: -Fulano, você pode pegar aquelas caixas lá fora pra mim, por favor? Detalhe: Cada caixa pesa uns 30 á 40 quilos, sol das Duas da tarde. Ele te faz essa pergunta como você tivesse opção de SIM ou NÃO, como se você pudesse olhar pra cara dele e falar: - Posso não, manda outro. Ou Pior: - Porque não vai você seu preguiçoso de merda? Passa o dia ai nesse MSN conversando com gente chata e fingindo que trabalha, seu folgado.

 

As Condições de Trabalho – Esse trecho é em homenagem ao Moska, seu chefe passa o dia em um escritório, com ar condicionado no máximo, tomando água de coco e girando numa cadeira super confortável. Enquanto ele, passa o dia numa guarita de estacionamento de shopping, disputando espaço com as ratazanas, sua ventilação é um ventilador vagabundo, quase que um pírulicóptero e uma cadeira de escritório com duas rodinhas quebradas, nas quais, se ele não se equilibrar direito, CAI. Um dia desses ele me contando essa epopéia me disse, que ligou pro seu Chefe pra trocarem a cadeira. Sabem o que ele responde? A CADEIRA ESTÁ QUEBRADA? ENTÃO TRABALHE DE PÉ. Essa na hora eu ri, porém depois, fiquei com pena do Moska, porém continuei rindo.

 

O Chefe em SI – O cara se acha o Sr. Fuderoso, só porque a hierarquia permite isso, muitas das vezes ele solta umas cantadas nas estagiárias, grita com a Dona Socorro, a tia de 50 anos que trabalha no Almoxarifado, adora dá ordens quase que absurdas e se sente o fodão. Com seu paletó amarrotado, a gravata enforcando o colarinho e seu pescoço adiposo, e sua camisa branca com listras verdes, tipo sanfoneito ele nunca ajuda ninguém. Podendo dar uma carona ao seus funcionários, nem que seja até a parada, não... Em plena chuva, o estagiário com seu guarda chuva sendo molestado pelo vento, ele passa, dá uma businada pro estagiário, olha pra cara do infeliz, faz um joinha e sai sorrindo e fala: Até amanhã e dá uma acelerada. É pra se revoltar.

 

 

Enfim senhores, são inúmeras outras reclamações. Uma amiga, nome Sandra relatou que o chefe dela disse: - O Emprego de vocês é a sua segunda casa, quero que vocês se sintam a vontade no seu local de trabalho e nós somos uma família e se sintam em casa e toda a propaganda pra alienar a passa trabalhadora. O cara tem que ser muito inocente pra acreditar numa dessas. Se meu trabalho fosse minha casa, Do Meio dia as duas eu estaria tirando a minha “paia” e duas da tarde estaria assistindo Vale a Pena Ver De Novo, de chinelão, deitado no sofá, tomando meu creme de Morango. Senhores, o emprego não é sua casa, é o lugar onde você se ferra o dia inteiro pra aumentar o capital do seu chefe. Sem mais, pois bem senhores, estudem e um dia com sorte, sejam chefes, pois deve ser maravilhoso está na outra ponta do chicote. Fungadas Calorosas em Suas Nucas. E até o próximo período de hibernação.



Escrito por I.C às 17h22
[] [envie esta mensagem
] []



 
  [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]