Como Fundar um Puteiro

 

Pois bem senhores, depois de uma demora, aqui estou eu, peço desculpas e compreensão, pois é só uma pessoa pra produzir as idéias do blog, estudar, trabalhar pra comprar o leite dos meus filhos catarrentos, sem choramingos, esse post é em homenagem á uma amiga que me disse que iria abrir um puteiro, ela me apresentou um projeto meio que amador, com poucas chances de prosperidade e o pior de tudo o seu produto de trabalho era um homem, esteticamente feio que ela pretende travestir, enfim, mil razões para dá errado, eu com meu conhecimento e baseado em estabelecimentos que dão certo e emanam prosperidade aqui perto da minha casa (não, eu não moro perto da BR) venho aqui passar algumas técnicas e dicas de “Como fundar um Puteiro”

 

Onde adquirir a mão de obra – Primeiro você deve arrumar um pau de arara e ir pra alguma cidade pobre Nordestina, chegando em algum forró pé de serra qualquer, faça propostas ludibriosas para as mulheres daquela população miserável, fale que ela vai ganhar o dinheiro que nunca ganhou, que vai ser feliz e bem sucedida e que em breve voltará de volta para a terrinha e comprar o seu pedacinho de chão. (O que é uma mentira) Obs: Confira se é mulher mesmo, o bom negociante não adquire gato por lebre.

 

O Local – Se você tiver um bom capital para investir eu sugiro que você tenha um Motel de sua propriedade a sua direita, alguns caixas eletrônicos á esquerda e o seu estabelecimento para maiores de idade no meio, e nunca tenha uma igreja perto do seu estabelecimento, clientes seus estarão traindo suas mulheres, se ele vê uma igreja à consciência pode pesar e seus lucros podem ir pra vala.

 

Seu publico alvo – Claro que são aqueles que não comem ninguém, os adolescentes (porém eles não podem entrar nesse tipo de lugar, vão ficar na mão até 18 anos), e aqueles retirantes nordestinos que trabalham na construção civil, que são muito feios pra comer alguém de graça e que tem um sorriso na boca, raiz de 5... Dois inteiros e alguns quebrados e os Vovôs que não tem mais ereção e que vão pra esse tipo de lugar apenas serem assaltados e dormir na mesa ouvindo Bruno e Marrone

 

A Trilha Sonora – Como eu disse, só quem freqüenta esses locais são os empregados da construção civil, e o que eles ouvem? Pegue o que tiver de mais brega, escroto e sem conteúdo no camelô: Tipo Parangolé, Banda Dejavu, Calypso e algo meio corno tipo: Chico Rey & Paraná, os CD’s Antigos do Leandro e Leonardo, Zezé di Camargo e Luciano e João Paulo e Daniel, você nunca vai entrar em um puteiro e ouvir Ratos de Porão, Matanza e Sistem of a Down. Apenas essas musicas que comprovam o baixo conteúdo e conhecimento do brasileiro.

 

Os funcionários – Esses devem ser de confiança, e tudo o que você vai precisar é de uma cafetina para administrar as meninas e convencê-las á não se rebelar e que essa mulher seja de sua confiança (sua mãe é uma boa candidata) e alguns seguranças trogloditas, pois sempre tem aquele espertinho que quer comer e não pagar e quer desrespeitar suas funcionárias com adjetivos tipo: putas, vagabundas e afins (elas são funcionárias do sexo), isso podemos resolver com as 5 unhas da mãos esquerda e aquela surra.

 

Os contatos – E finalizando os contatos, você deve ter um contato com uma distribuidora de bebidas daquelas que passam Sol em latinha de Skol, Roskoff em Garrafa de Orloff e afins. Também tenha um contato com uma farmácia para fornecer as camisinhas, Viagra e um anti séptico bucal para suas funcionárias e faça um convênio com algum laboratório também pra ter desconto nos exames de HIV e um contato na PM também é aconselhável, pois eles vão cobrar uma taxa pra seu estabelecimento funcionar sem problemas.

Enfim, com essas dicas você já pode se tornar um microempresário e prosperar, enfim, trate as meninas bem, proteja-as pois elas são o seu pão de cada dia e é um negócio que tem tudo pra dá certo, clientela não falta, é o negócio mais antigo do mundo e se não dá certo, ainda dá pra você comer o estoque ou dá aquela aidética pra aquela cara que você não gosta. Enfim, anotem tudo, e com exceção disso você só precisa do nome pra batizar seu estabelecimento.Beijo pra quem gostou e se vocês largar a escola, faculdade ou o emprego pra fundar um puteiro e não der certo, não venha me culpar, enfim, fungadas calorosas em suas nucas e até a próxima vez que me cobrarem uma atualização.