Arquivos

Categorias
Todas as mensagens
 Sacanagem
 Besteirol
 Manual
 OLD Porém GOLD
 Printadas

Votação
 Dê uma nota para meu blog

Outros links
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis
 Curtiu? Deixa um Scrap no Meu Orkut
 Blog do Julinho Mesquita
 o Fantástico Mundo do Tulin
 iSatélite



LINK-ME






Us bagui 100 Futuro
 


Os Dias na Escola...

Amados 10 leitores que visitam meu blog, que supostamente são fiéis e que gostam das besteiras que escrevo. Venho aqui atualizar essa porra (Não você veio orar no seu monitor e pedir pra Jesuis atualizar o seu blog sozinho), eu como futuro professor (coitado dos alunos) venho aqui relembrar os “Dias” que tinha na escola e falar que aquilo era uma “Puta Falta de Sacanagem” pois a criatividade era muito baixa e que aquilo era só pra sacanear com o infeliz do estudante... Eu como futuro maluco revolucionário vou aqui propor dias melhores fazendo uma sátira daquelas merdas que inventavam... Porque Dia do Meio Ambiente é a Senhora Que Trabalha em um Estabelecimento de Quinta vendendo o próprio corpo ou seja... A Puta que Pariu...


Dia da Amazônia – Eles colocavam aquele dia da Amazônia só pra ver a mulecada catando latinha e plantando mudinhas na escola. Depois daquilo ninguém liga mais pra nada e a consciência ambiental foi pro raio que o parta. E porque não criar o dia que botamos fogo naquela porra? Aquilo só serve pro Brasil ficar “queimado” mundialmente com órgãos que protegem o meio ambiente, pra traficante atravessar a mata recheado de cocaína pra nossas fronteiras e pra futuramente os Estados Unidos invadir essa merda pra engarrafar o Rio Amazonas e vender pra matar a sede dos gringos. Poderíamos fazer uma grande fogueira com aquela merda... Aumentar o aquecimento global e finalmente ter o orgulho de falar que o Brasil fez algo na História Mundial além de ser uma colônia de exploração de Portugal. Então vamos criar. O Dia da Queimada Amazônica.


Dia das Mães – Isso era pra ser um dia legal, pra homenagear a mulher que te faz acordar cedo e permanecer 5 horas em um cubículo de vulgo sala e que passa raiva todo bimestre quando você entrega o seu boletim. Mas na verdade eles pegam as crianças, cortam uma cartolina em forma de margarida e colocam no pescoço deles e põe eles pra cantar “Carinhoso” (meu coração... não sei porque, bate feliz... Quando te vê) e são crianças, eles vão cantar aquilo tudo errado e fora do ritmo é só pra a mãe tirar foto do cara e mostrar pros parentes e pro muleque virar motivo de piada quando crescer. Então aqui vai a proposta: em vez de ficar constrangendo nossos alunos com essas porcarias vamos fazer um dia das mãe legal: Com boate, uns goró maneiro (tipo sorvete com Vodka e faz um Ovo Maltine alcoólico) chama uns Gogo Boy pra fazer um striper naquela mãe de 60 anos que é progenitora do muleque mais atentado da sala. E Por ai vai. Porque é o dia das mãe e elas merecem algo melhor do que o barriga de cerveja que ela chama de marido e ir pra igreja no domingo.


Dia do Índio – Esse é um clássico, um dia para conscientizarmos nossas crianças de que quem é o verdadeiro dono dessa fossa chamada Brasil são os índios, eles estavam aqui primeiro; peladões, com seus arcos e flechas dormindo na rede e chegou o Português malvado e iludiu os pobres indiozinhos com espelhos, era pra ser um dia de pelo menos injetar um pouco de ódio da cabeça dos muleques e colocar na cabeça deles de que o que os portugueses fizeram foi errado. Mas nas escolas esse é o dia em que a criançada faz um colar com macarrão, pinta a cara de tinta guache, faz um cocar com uma pena de galinha e sai gritando Uuu... Uuu... Uuu... igual um bando de tarados na escola.

 

Poderia falar também da Páscoa, do dia do pais, do dia do sofredor (ops) Professor, mas não vou falar pra não alargar muito o post. Eu sei que são crianças, que elas teoricamente não são maturas o suficiente... Mas porque tornam a escola tão chata? Porra, escola era pra ser um lugar legal e o que vejo são apenas corpos programados a ir lá se entediar durante o ano letivo e passar sem aprender nada. Porra, vou finalizar essa porra logo se não vou chingar. Merda já chinguei, novamente... Parei.



Escrito por I.C às 14h00
[] [envie esta mensagem
] []



 
  [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]